fbpx

Navis Lumen

Evolução profissional e pessoal: como sair da estagnação na área da saúde

Compartilhar

Share on facebook
Share on linkedin
Share on twitter
Share on email

Para profissionais que estão há algum tempo na área da saúde, a evolução profissional e pessoal é um objetivo fundamental. Depois de anos de experiência, é normal ter momentos de frustração e desânimo, especialmente quando a carreira parece estagnar. Você já se sentiu assim?

O mercado da saúde é competitivo. A sensação de que poderia estar fazendo mais e alcançando uma posição melhor é comum pode ser bastante desafiadora. Por isso, pensar em aspectos da evolução profissional e pessoal vai te ajudar a atingir bons resultados e viver com leveza. 

De onde vem a sensação de estagnação profissional?

Sentir que o movimento na vida profissional parou é frustrante. Fatores como a falta de motivação, que desestimula o desenvolvimento de novas habilidades, a falta de reconhecimento, que pode desencorajar o profissional a buscar novos desafios e crescer na carreira, e até mesmo a ausência de metas definidas são as principais razões para o incômodo. 

A primeira coisa a ser feita ao se sentir estagnado é lembrar que a carreira na área da saúde é uma jornada constante de aprendizado e crescimento. Nem sempre as mudanças acontecem rapidamente. É preciso ter paciência, perseverança e estar disposto a se dedicar ao seu objetivo para dar mais um passo na direção da evolução profissional e pessoal.

Se você se identificou com algum desses itens e sente que está agindo no ‘’modo automático’’ na sua carreira, não se preocupe: você não está sozinho. Pensando nisso, preparamos algumas dicas para você contornar essa situação.

Por onde começar a pensar na evolução profissional e pessoal?

Todo processo de evolução profissional e pessoal começa com uma autoavaliação honesta sobre sua situação atual e os possíveis motivos que te levaram a um quadro de estagnação na carreira. 

As causas para o conflito variam de pessoa para pessoa. De maneira geral, estão relacionados a fatores como um desinteresse generalizado sobre a profissão, à sensação de que você poderia estar fazendo mais com sua formação e à falta de um plano de carreira que possibilite o crescimento enquanto profissional.

Vale a pena refletir sobre seus pontos fortes e fracos, suas habilidades e competências, seus valores e interesses, e em que momento da carreira você se encontra. A partir daí, fica mais fácil traçar objetivos e metas realistas, levando em consideração o mercado de trabalho e as oportunidades disponíveis.

Principais sinais de que sua carreira está estagnada

A gente sempre sabe quando algo não vai bem. Confira a seguir os principais sintomas de uma carreira estagnada. Se você se identificar com pelo menos um deles, é hora de ligar o alerta e redirecionar a rota! 

  • Falta de motivação: quando você não se sente motivado em relação ao seu trabalho, pode se sentir desinteressado e desengajado.
  • Falta de reconhecimento: se você sente que seu trabalho não é valorizado ou que suas contribuições não são reconhecidas, pode perder a motivação para avançar na carreira.
  • Não ter metas definidas: Quando você não tem metas claras e específicas para sua carreira, pode ficar perdido e sem direção, o que pode levar à estagnação.
  • Falta de interesse em aprender coisas novas: Se você não está interessado em aprender novas habilidades ou tecnologias, corre o risco de  perder oportunidades de crescimento e desenvolvimento profissional.
  • Tudo no trabalho é previsível e sem graça: Trabalhar em um contexto  previsível e monótono pode te desmotivar e fazer perder o  interesse em continuar progredindo na carreira.

Embora sejam comuns, todos esses fatores estão relacionados à capacidade do profissional em si, e são consequências de uma rotina que precisam de cuidado. Saber administrá-las é fundamental para se manter em uma rota de evolução profissional e pessoal.

Como a estagnação acontece e o que fazer para evitar

Agora que você já entendeu algumas das razões que geram a estagnação profissional, vale a pena passar por algumas estratégias para evitá-las. Como a maioria é de ordem comportamental, você tem o poder de fazer diferente! 

Falta de atualização profissional 

Deixar de investir em sua própria capacitação é como entrar em uma rua sem saída: você fica sem ter para onde ir. Mesmo que seu currículo seja forte, sempre haverá novidades surgindo e o mercado continuará evoluindo. Para evitar ficar para trás, é importante buscar especializações e cursos que possam ajudá-lo em sua área de atuação.

Perder oportunidades por medo do novo

Se o receio diante de um novo desafio está te segurando, saiba que isso pode te impedir de aproveitar oportunidades valiosas. É importante superar esse medo e estar pronto para as possibilidades que surgirem. Aceitando desafios, você vai ver na prática como eles podem refletir positivamente em sua vida profissional.

Ser pouco sociável

Todas as áreas profissionais valorizam o bom relacionamento e as habilidades interpessoais. Suas relações com colegas de trabalho e com pessoas de outras áreas e setores podem gerar boas oportunidades. Nós sabemos que você já ouviu falar sobre a importância do networking! 

Falta de ambição e objetivos claros

Ter um alvo direciona seu caminho e te mantém sempre em frente. Saber onde você quer chegar em sua carreira, seus objetivos e sua ambição profissional é essencial para seguir com motivação para mudanças e avanços.

Está buscando a evolução profissional e pessoal na área da saúde? Comece por essas 3 coisas!

Para você atingir um quadro de evolução profissional e pessoal na área da saúde, vale a pena ficar atento a essas dicas: 

1) Educação e aprendizado contínuo: a área da saúde está sempre evoluindo e novas pesquisas, tecnologias e técnicas são desenvolvidas constantemente. Participar de cursos, palestras e treinamentos é essencial para melhorar suas habilidades e se manter relevante no campo.

2) Desenvolvimento de habilidades interpessoais: na área da saúde, é importante ser capaz de se comunicar com pacientes e colegas de trabalho de maneira clara e eficaz. O desenvolvimento de habilidades interpessoais, como empatia, escuta ativa e resolução de conflitos, é uma parte crucial do sucesso profissional.

3) Aceite novos desafios: estar aberto a novos cenários e adotar práticas de trabalho inovadoras é fundamental para continuar evoluindo profissionalmente. Assumir um projeto ou tarefa arriscada pode ser uma oportunidade valiosa para testar suas habilidades e descobrir capacidades que você sequer tinha imaginado. Além disso, se afastar da zona de conforto pode estimular a criatividade e inspirar mudanças positivas em sua carreira.

A estagnação profissional incomoda qualquer profissional que um dia sonhou com uma carreira de sucesso. Mesmo assim, milhões de profissionais ainda se sentem ‘’travados’’ em suas rotinas. O primeiro e mais importante passo é aceitar onde você está agora e identificar o que precisa mudar para sair da sua posição atual.

Valorize esse momento como uma oportunidade para crescer e se desenvolver. Use essa situação a seu favor e mantenha o foco em seus objetivos para alcançar sua evolução profissional e pessoal.

Aqui no Navis Lumen você encontra opções de cursos na área da saúde que vão complementar seus conhecimentos e te ajudar na busca pela evolução profissional e pessoal. Conheça e evolua! 

Subscribe To Our Newsletter

Get updates and learn from the best

Explore mais